Temos 30 visitantes e Nenhum membro online

Notícias

Notícias

A Escola Municipal Américo Peres Navarrete, de Santa Albertina realizou, na noite do dia 12, o encerramento do ano letivo para os alunos dos 1ºs aos 5ºs anos com o III Sarau Literário " A Leitura Integrando Culturas". O projeto objetivou a compreensão por parte dos alunos de que nosso país é formado pela mistura das raças: branco, negro e índio e que todos nós temos um pouquinho de cada raça. A escola trabalhou durante todo a ano com a contribuição de cada raça na formação do povo brasileiro. Também foi relembrado conceitos como solidariedade, companheirismo, respeito, união e amizade, que são trabalhados todos os anos.

O evento teve o objetivo de promover a integração entre escola e família e de celebrar o final de mais um trabalho, mostrando a toda a comunidade a importância desses temas para nossa vida cotidiana. Além das Famílias dos alunos, esteve no evento o Vice Prefeito Aparecido Cerezo, a primeira Dama Marina e vereadores.

Foi um momento de agradecimento com músicas, danças, teatro, poesias e várias homenagens, ensaiado pelos professores do Currículo Básico e das Oficinas Curriculares. Os pais e as autoridades presentes emocionaram-se com as apresentações.




Imagens:

 

Autoridades

Danças dos alunos da Escola Municipal (1)

Danças dos alunos da Escola Municipal (5)

Danças dos alunos da Escola Municipal (6)

Danças dos alunos da Escola Municipal (7)

Danças dos alunos da Escola Municipal (8)

DSC 1248

Equipe de Trabalho, professores, Diretora Maria Luiza, Vice diretor Edvaldo, juntamente com o Vice Prefeito Aparecido Cerezo, Primeira Dama Marina, e Vereadores.

Teatro dos alunos com a Professora Rosinha e o Professor Dorival, com o intuito de Preservação Ambiental.

"A LEITURA ABRE PORTAS E A ESCRITA ESCALA MONTANHAS"

 

Como verdadeiros escritores, os alunos dos 5º anos da Escola Municipal Américo Peres Navarrete, do município de Santa Albertina, tiveram sua primeira Noite de Autógrafos. Os alunos passaram pela experiência de escrever um livro pela primeira vez. "As histórias escritas variam de acordo com o estilo de cada um, e diversos assuntos, como futebol, a primeira história de amor", relatam as professoras idealizadoras do Projeto. Professoras essas das Oficinas Curriculares de Hora da Leitura e Produção de textos da Escola de Tempo Integral.

O Projeto foi lançado com o intuito de buscar algo diferente e não a internet. É um incentivo não só a leitura, mas também a redação, visto que o aluno precisava escrever e revisar o contexto, fazendo correções, e então para o livro ser publicado.

O evento ocorreu na Quarta-Feira, noite do dia 06 de Dezembro de 2017, onde nesta noite os alunos autografaram os livros escritos sobre contos de mistérios, que encontra-se inserido no projeto Ler e Escrever, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

O evento foi maravilhoso e contou com a presença dos pais , professores, funcionários e autoridades do município, bem como, o Vice-prefeito Aparecido Cerezo Zago, e Vereadores. Que na qual, todos levaram para casa seu livro autografado pelos alunos.

Nossa gratidão a todos os envolvidos e a todos que foram prestigiar a linda noite.

 

Imagens: 

 

01 (2)

01 (2)

01 (3)

01 (3)

01 (4)

01 (6)

SUCESSO NA NOITE DE FORMATURA DO PROERD NA EM AMERICO PERES NAVARRETE

 

A noite da última terça-feira, dia 05 de Dezembro de 2017, onde foi de emoção extrema para o policial militar Valdenir José Tonholo, instrutor Proerd. Em meio à crianças e pais emocionados, o policial conduziu a formatura das turmas dos 5º anos da Escola Municipal Américo Peres Navarrete, do município de Santa Albertina, mostrando sua excelência no desenvolvimento do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência) - um programa que tem o objetivo de desenvolver a habilidade nas crianças para que elas possam dizer não às drogas, a violência e ao bulling. 

A cerimônia de entrega dos certificados, que geralmente acontece na própria escola, foi uma noite de grande emoções para as famílias.

Cerca de 70 alunos receberam o certificado de conclusão do curso das mão do Policial e das autoridades presentes.

Durante o evento, os alunos encenaram uma peça teatral , levando a mensagem de que existem várias alternativas para seguir um caminho livre das drogas e da violência e o teatro é uma delas.

 

Imagens: 

 

Proerd (1)

Proerd (2)

Proerd (4)

Proerd (6)

Proerd (8)

A Prefeitura de Santa Albertina juntamente com a 20ª Delegacia de Serviço Militar de Jales e 158ª Junta de Serviço Militar de Santa Albertina em conjunto com as Juntas Militares das cidades de Mesópolis, Paranapuã e Dolcinópolis.

Realizou na última sexta-feira dia 22 de setembro no Centro Comunitário de Santa Albertina, a Cerimônia de Juramento a Bandeira e entrega da Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), que contou com a presença das autoridades: Eder Ribeiro Borba Delegado da 20ª Delegacia de Serviço Militar de Jales, vice-prefeito Aparecido Cerezo de Santa Albertina e vereadores Claudinei Vieira França, Jose Antonio Barboza, Genivaldo Quirino de Almeida e Onofre Antonio Lombardi Cagnin ( Nariguin), Edilson Silverio Paes 1º Sag., Sebastião Batista da Silva Ex Sec. Da JSM, Alessandra Tanaka Tartaro Enfermeira Sec. Da Saúde, Atirador Penha, e Monitor Grossi e Sec. Ana Maria Simão. Autoridades de Paranapuã vice-prefeito Elcio Ribeiro Guimarães, Conselheira Tutelar Jessica Panzeri de Souza, Solange de Paula Neves, Vice- pres. do CONSEG Edson Rodrigues Santos e Sec. Jose Carlos Oliveira. Autoridades de Docinópolis Maria Elenice Rugno Ribeiro, vereadores João Carlos Gouveia, Edilso Seixas, Rozangela Galanti Nilsen e Sec. Willy Antonio Smarsi Batistão. Autoridades de Mesópolis Vereadora Vânia Braz de Oliveira Domingues e Sec. Jose Carlos de Brito e familiares dos jovens compromitentes e outros convidados.

O Delegado do Serviço Militar destacou o momento de cidadania e maturidade dos jovens que começam a reconhecer os compromissos com a pátria , apesar de serem dispensados do serviço militar inicial obrigatório, ficando até os 45 anos a disposição do país podendo ser convocado em caráter emergencial.

Imagens: